Hoje vi um casal de cegos e fiquei surpreso com tamanha felicidade dos dois. E tomei uma grande curiosidade, então procurei saber mais sobre os dois. Fiquei assustado quando me disseram que eles são cegos de nascença e desde que se conheceram não se desgrudam mais. E quando dizem que o amor deles é impossível porque “o que os olhos não vê, o coração não sente”, eles respondem: “vocês que amam com os olhos não sabem o quão é bom amar com o coração.

— Jadson Lemos (via alcooltecimentos)

Há 21 horas with 34 732 notas
Há 21 horas with 127 553 notas
Há 21 horas with 15 593 notas
Há 21 horas with 2 718 notas
Há 1 dia with 2 614 notas
Há 1 dia with 2 614 notas
Logo vai chegar um instante em que a dor não será mais tão ruim, se modificará em um sentimento que você irá aprender a conviver, pode se tornar um fato, um caminho ou um resultado.

Jhennifer Werneck (via romeuemcrise)

Há 1 dia with 793 notas
E depois de um tempo eu entendi que esquecer não significava ignorar uma chamada no telefone, nem evitar reencontros casuais. Eu descobri que quando você esquece, atende o telefone e sua voz não falha, que reencontros casuais não mais faziam as pernas tremerem. Eu descobri que o lado mais triste do amor, é não sentir mais nada.

But, I like you.     (via romeuemcrise)

Há 1 dia with 108 172 notas
Há 1 dia with 36 602 notas
Tive um vizinho que gritava com a namorada ao telefone, sem se importar que o prédio inteiro ouvisse: “Não sei o que fazer! Fico mal contigo e fico mal sentigo!”. Sempre achei essa situação desoladora, e nem estou falando do português do sujeito. É duro ter apenas duas alternativas (ficar ou ir embora) e ambas serem terríveis.

Martha Medeiros.   (via antipoetico)

Há 1 dia with 10 739 notas